Escolha uma Página

A garotada fica com água na boca para alimentos calóricos e guloseimas em casa. É na escola que abre um pouco mais o apetite quando ouve “você está em fase de crescimento” – o que é a mais pura verdade. É na infância que o organismo vive em plena formação, prestes a passar por mudanças que vão levar a uma vida adulta saudável. Por isso é tão importante proporcionar aos pequenos a alimentação mais nutritiva e completa ao alcance.

Pois agora mães, pais e educadores têm motivo para comemorar. É que foi sancionado o projeto de lei que garante alimentos orgânicos na merenda escolar das escolas municipais na cidade de São Paulo.

Os vereadores que elaboraram o projeto defenderam que “os produtos orgânicos são livres de agrotóxicos, em regra prejudiciais à saúde dos consumidores, especialmente em idade escolar, e podem trazer sequelas irreversíveis de consumidos habitualmente, como é o caso da merenda escolar”.

A implantação vai ser feita aos poucos, dando prioridade à agricultura familiar local, sobre a produção de outras localidades, até que todas as unidades sejam abastecidas com alimentos orgânicos.

Isso significa que a merenda escolar terá mais sabor, mais nutrientes e, o mais importante, vai ser livre de agrotóxicos. Um passo à frente no desenvolvimento das crianças, digno de ser comemorado. De preferência, com muito apetite!

Conteúdos relacionados

Share This