IMERSÃO EM AGROFLORESTA COM FOCO EM HORTICULTURA

 

Se você tem um sítio, uma chácara, um espaço para plantar, ou simplesmente quer aprender a fazer agricultura e produzir alimentos orgânicos de um jeito que regenere o solo, a biodiversidade e a natureza como um todo, venha participar da nossa Imersão em Agrofloresta com Foco em Horticultura aqui na Fazenda da Toca!

 

Essa é uma oportunidade de se juntar a um movimento crescente que visa uma mudança de paradigma na produção agrícola, com uma prática ecologicamente consciente, socialmente responsável e que promova a vida e os ecossistemas e proteja os recursos naturais. 

 

A primeira edição acontece de 3 a 14 de junho e temos quatro vagas disponíveis. Limitamos o número de participantes para poder oferecer a todos o melhor acompanhamento e uma experiência mais enriquecedora.

 

Durante esse período, você conhecerá de forma mais aprofundada a técnica dos sistemas agroflorestais voltados para a produção de hortaliças orgânicas. Essa Imersão alia o conteúdo teórico, com ênfase nos principais conceitos da agrofloresta e agricultura regenerativa, a uma intensa prática de manejo, como preparo do solo, adubação e plantio.

 

A Imersão é dividida em dois módulos semanais que se complementam. É possível fazê-los seguidamente, nas duas semanas consecutivas que integram o programa completo, ou separados em momentos diferentes, uma vez que os módulos são organizados para seguir sempre um cronograma similar.

 

 

 

A IMPORTÂNCIA DA PRODUÇÃO ORGÂNICA NO BRASIL E NO MUNDO

O setor de orgânicos vem crescendo de forma muito expressiva no Brasil e no mundo. Esse é um setor que globalmente já movimenta mais de US$ 97 bilhões, com uma taxa estimada de crescimento de 14,8%* ao ano entre 2018 e 2022.

Essa atividade é impulsionada por algumas macrotendências de mercado. Uma delas é a busca pela saudabilidade. Os consumidores, interessados em adotar uma alimentação mais saudável, optam cada vez mais pelos alimentos orgânicos. Outra tendência é o consumo consciente. As pessoas têm uma exigência cada vez maior com as condições em que os produtos são produzidos. E, nesse contexto, os orgânicos saem à frente em razão de seu sistema produtivo mais sustentável.

No Brasil, a atividade rendeu em 2018 R$ 4 bilhões**, um resultado 20% maior do que o registrado em 2017. O segmento FLV (Frutas, Legumes e Verduras) lidera o ranking de vendas, sendo que alface e tomate são os itens mais consumidos. Com o aumento no consumo, o número de produtores orgânicos também aumenta de forma significativa. Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), há mais de 17 mil propriedades certificadas orgânicas, contra 6.700 em 2013.

Contribuir para o fortalecimento desse setor é uma de nossas missões aqui na Fazenda. E, para nós, o acesso à informação e conhecimento é uma ferramenta importante para ajudar a dinamizar a produção orgânica no país. Por isso, promovemos programas formativos, como essa Imersão, para compartilhar nossos aprendizados e ajudar a difundir os saberes sobre a agricultura orgânica e regenerativa.

*Fonte: Ecovia Intelligence 2018 e IFOAM
**Fonte: Organis

OS SISTEMAS AGROFLORESTAIS

Há uma vasta gama de definições de sistemas agroflorestais, afinal essa é uma técnica agrícola ancestral. Mas, na essência, como diz Maridélia Rios Gonzaga, instrutora da nossa Imersão, “fazer agrofloresta é compreender a natureza, contemplá-la e trazer os seus princípios para a agricultura. A intenção é aproximar a agricultura da natureza. E, nesse processo, o ser-humano é o fator dinamizador.”

Os Sistemas Agroflorestais (SAFs) são baseados em um conjunto de princípios e técnicas de plantio que mimetizam o ambiente de uma floresta. Assim, torna-se possível produzir alimentos de qualidade e, simultaneamente, fortalecer os ecossistemas.

Nos SAFs, as espécies florestais são combinadas com culturas agrícolas, compondo um sistema biodiverso. Periodicamente, espécies específicas são podadas e as podas permanecem dentro do sistema, tornando-se biomassa para a cobertura superficial do solo. Essa biomassa gera inúmeros benefícios, pois evita a erosão, retém a umidade no local, nutre o solo e favorece o desenvolvimento de microorganismos benéficos.

Dessa forma, cria-se um ambiente autossuficiente, diminuindo a necessidade de insumos externos e, consequentemente, reduzindo os custos de produção.

Esse sistema proporciona inúmeras vantagens. Por ser um modelo de produção agrícola regenerativa, tem um caráter não apenas sustentável, mas causador de um impacto positivo para o solo e a natureza. As agroflorestas são capazes, ao mesmo tempo, de produzir alimentos saudáveis e de qualidade, recuperar áreas degradadas, regenerar o planeta e a biodiversidade, promover a segurança alimentar e ser ainda uma grande aliada no combate ao aquecimento global por sequestrar e armazenar um grande volume de carbono.

INFORMAÇÕES

PÚBLICO ALVO
Indicado para aqueles que querem trabalhar no campo, começar a sua própria produção de horticultura agroflorestal e adquirir e trocar conhecimentos sobre as técnicas da agrofloresta.

INVESTIMENTO
1 semana, R$ 550,00 (inclui almoço, transporte e hospedagem em quartos compartilhados).
2 semanas, R$ 890,00 (inclui almoço, transporte e hospedagem em quartos compartilhados).

COMO FUNCIONA?

1º Semana – Módulo 1: No período inicial da Imersão, teremos um foco importante em teoria, com uma apresentação da Fazenda da Toca e a abordagem de conceitos fundamentais da agrofloresta, como sucessão natural, estratificação, consórcios de espécies, design do sistema agroflorestal, ciclagem de nutrientes, entre outros.
Também haverá uma intensa prática de manejo para formar novos canteiros de hortaliças. Nessa primeira semana, você irá aprender a dimensionar e preparar um canteiro, fará a adubação inicial e a cobertura do solo.

2º Semana – Módulo 2: Na segunda semana, o foco maior será na parte prática. Após a preparação dos canteiros, haverá nesse momento uma prática de plantio de mudas diversas, como alface, rúcula, beterraba, pimentão, brócolis, couve, couve-flor, PANCs (plantas alimentícias não convencionais), entre outras. E teremos também um foco em manejo, como podas e capina seletiva.

RESSALVA IMPORTANTE: Embora seja possível fazer os módulos separadamente, avisamos que em virtude de eventuais adversidades climáticas, ou mesmo algum atraso no andamento do manejo, pode acontecer de uma ou outra atividade ficar de fora da programação.

 

 

AÇÕES DE APRENDIZAGEM 

 

Durante a estadia dos participantes, seguiremos uma programação com diversas ações teóricas e práticas de aprendizagem. Confira a seguir as principais ações:

  

  • Observação e contemplação
  • Cuidados com o solo
  • Preparo do solo: revolvimento do solo, enriquecimento e cobertura.
  • Implantação de canteiros agroflorestais
  • Consórcios
  • Renovação dos canteiros
  • Manejo fino: capina seletiva, desbaste, retirada galhos e folhas senescentes.
  • Colheita
  • Podas e pulsão
  • Aprender e aperfeiçoar suas habilidades com ferramentas do campo
  • Grupos de Auto-gestão

A NOSSA HORTA AGROFLORESTAL

Essa é a principal sala de aula de nossa Imersão. Nessa área de 0,6 hectare sai cerca de uma tonelada de alimentos por mês na época seca, entre frutas, legumes e verduras 100% orgânicas que abastecem o nosso restaurante interno e são também vendidas na Feira Orgânica de São Carlos.

A engenheira agrônoma Maridélia Rios Gonzaga é a nossa parceira responsável pela operação da horta que, além de produzir uma vasta variedade de alimentos, é o espaço onde acontece a maior parte dessa vivência.

Com tanta abundância e biodiversidade, a nossa horta reúne todos os conceitos e princípios do manejo agroflorestal: solo sempre coberto para permitir a ciclagem de nutrientes, linhas de árvores para podas e geração de biomassa, além de diversidade de espécies nos canteiros, por meio de consórcios que levam em conta o espaçamento, a sucessão natural e a estratificação das plantas.

HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO

Durante o período de Imersão em Agrofloresta você irá se hospedar em uma casa dentro da Toca localizada a aproximadamente 4 km da horta e da área central da Fazenda. É uma casa aconchegante com dois quartos, sala, banheiro e cozinha toda equipada. E fica perto de uma de nossas agroflorestas em larga escala e uma pequena cachoeira.

A nossa acomodação funciona em um sistema de autogestão, ou seja, os participantes da vivência se organizam para cuidar da casa, fazer a limpeza e cozinhar.

O almoço é servido de segunda a sexta-feira em nosso restaurante Sabores da Toca, frequentado por todos os nossos colaboradores aqui da Fazenda. Nele você poderá saborear uma refeição saudável e balanceada, inclusive com legumes e verduras vindas direto da nossa horta. Já o café-da-manhã e o jantar ficam a cargo dos próprios participantes.

Maridelia Gonzaga

Maridelia Gonzaga

Eng. agrônoma pela UNESP e Mestre em Ciências da Engenharia Ambiental pela USP – Educadora ambiental e Agricultora. Atualmente é responsável pela horta Agroflorestal da Fazenda da Toca. Acredita que quando vivemos em sinergia com os ciclos naturais reconhecemos alternativas que promovem a saúde do planeta. O contato com a energia vital da terra gera abertura à auto consciência e também às trocas de saberes.

Marcelo Shigematsu

Marcelo Shigematsu

Iniciou seus trabalhos com agricultura orgânica em 2015 nos Estados Unidos onde atuou como voluntário em uma fazenda de orgânicos. Em 2016 atuou na implantação de uma área de pesquisa em citricultura em sistema agroflorestal na Fazenda da Toca. Desde então, vem facilitando as vivências com o Programa de visitas da Fazenda.

Paulo Araújo

Paulo Araújo

Coordenador de comunicação da Fazenda da Toca desde 2017, é responsável pela produção de conteúdos, programa de visitas, cursos e vivências, além da área de hospitalidade da Fazenda. Antes de chegar à Toca, atuou por quatro anos como repórter da Folha de S.Paulo e sete anos no segmento de comunicação corporativa. É também fundador do Café dos Contos, marca de café especial e agroecológico que produz em seu sítio no sul de Minas.

A NOSSA EQUIPE

Temos uma equipe movida pela missão de difundir o propósito regenerativo, aberta a compartilhar conhecimento, trocar ideias e conhecer pessoas.

Esses são os profissionais que irão te receber.

DEPOIMENTOS

Cynthia Cordeiro

Cynthia Cordeiro

“Amei o período na Toca! Foi uma grande oportunidade de convivência com pessoas incríveis e aprendizado sobre um dos temas muito importantes pra mim: cuidado com a terra, alimentação e saúde. Sou muito agradecida”

Diogo Zobaran

Diogo Zobaran

“Dentre as vivencias que tive nesses anos de vida, se há um para destacar como um dos mais significativos, eu diria que foi o Programa Aprendiz na Fazenda da Toca. Viver o dia-a-dia conectado com a natureza e aprender a interpretar o que ela te mostra é algo transformador. Apoiado por profissionais com grande conhecimento no assunto, num ambiente fabuloso, você tem a oportunidade não só de aprender sobre o sistema agroflorestal, mas também de ampliar o entendimento sobre o papel do ser humano no complexo ecossistema que é o planeta Terra. Posso dizer que hoje vejo a vida com outra perspectiva.”

Igor Prata Soares

Igor Prata Soares

“Uma experiência fascinante onde aprendi muito. Encontrei boas conversas, novos
amigos, grandes insights, comida gostosa e hospedagem confortável. Foi lá que comprovei que cuidar de uma horta pode transformar a alma do ser humano. Obrigado Toca!”

Lilian Lacerda

Lilian Lacerda

“O programa de Aprendiz foi muito bom, pois pude aprender sobre Agrofloresta na teoria e na prática! A equipe da Horta nos dá bastante liberdade para fazer as atividades do dia-a-dia e são muito receptivos, especialmente a responsável pela Horta, Maridelia, que é muito atenciosa ao nos orientar e ensinar. Foi uma ótima experiência!”

Mariana Basile

Mariana Basile

“Mexer na terra é uma das formas mais profundas de reconexão. Não é apenas uma experiência restrita a pessoas envolvidas profissionalmente com o alimento, mas uma atividade indispensável para entendermos o momento que vivemos. Foram quatro meses de aprendizados com pessoas que ensinam com o coração. Recomendo de olhos fechados.”

Nossas redes
  

Contatos

São Paulo +55 (16) 2106.8606
Demais localidades: 0800 123 780

Rodovia Washington Luís, Km 204, s/n
Zona Rural, Itirapina – SP, 13530-000