Forme um grupo fechado de crianças para uma visita exclusiva

Já ouviu falar nos 10 Direitos Fundamentais das Crianças? Entre eles está o Direito à Natureza, como dizia Rubem Alves, um dos autores e educadores mais respeitados do país.

Esse é um Direito que queremos exercer sempre. Por isso, temos aqui na Fazenda da Toca um programa de visitas e vivências voltado exclusivamente para crianças. E é uma enorme alegria recebê-las por aqui. A conexão e o encantamento que mostram ao colocar a mão na terra e se relacionar com as plantas e os animais contagiam.

Caminhar por trilhas, descobrir a mata com seus cheiros, cores e sons, observar, contemplar, desenvolver a empatia por todas as formas de vida. Essas são algumas experiências marcantes e significativas que queremos proporcionar aqui.

Se você é educador, pedagogo, mãe ou pai, gostaríamos de te convidar a conhecer o nosso programa de visitas e fechar um grupo de crianças para nos visitar. Podemos receber aqui alunos do Ensino Fundamental I e II, além de jovens e adolescentes do Ensino Médio.

Por meio de uma caminhada sensorial na floresta, manejo de um canteiro agroflorestal, ou o trabalho com as abelhas nativas sem ferrão, os participantes têm um momento de reconexão com a natureza e aprendem sobre o nosso modelo de cultivo que promove a vida e a biodiversidade, favorecendo a regeneração do planeta.

Essa é uma vivência que desenvolve o amor pela natureza. Entender a linguagem da natureza e como ela opera marca para sempre a nossa forma de pensar, agir e nos relacionar! Afinal, a natureza está em nós e compreendê-la é nos compreender e respeitar melhor.

Esse é o objetivo das nossas visitas. Há diversas possibilidades de roteiros aqui na Fazenda envolvendo plantio, visita às cocheiras, manejo de meliponário e muitas outras.

Dependendo do conteúdo que esteja desenvolvido na escola, podemos cocriar uma vivência de acordo com a abordagem educativa de sua escola. Para mais informações, pode nos contatar diretamente pelo e-mail

visitas@fazendadatoca.com.br

Share This